Posts Tagged ‘ mídia ’

NOVO TRIJATO FALCON 8X DA DASSAULT ATERRISSA EM PÁGINA DUPLA DE EXAME

Pag_dupla_exame_3

Anúncio de página dupla na revista Exame, edição de 08 de junho de 2016.

O novo carro-chefe da Dassault, o Falcon 8X está em fase final de certificação. As primeiras unidades serão entregues ainda este ano. E das 24 aeronaves já comercializadas, 4 desembarcarão no mercado brasileiro mostrando a força de nosso mercado interno, entre os mais importantes do mundo.

Para marcar esse momento, a Botelho Comunicação programou anúncio de página dupla na Exame, uma das mais importantes revistas de economia e negócios do País.

A publicação do anúncio é mais uma ação de divulgação do Falcon 8X e da marca Dassault Falcon. Para o segundo semestre, novas ações de branding já estão programadas, inclusive a participação na 13ª edição da Labace, o principal evento da América Latina, que reúne os maiores fabricantes de jatos executivos no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Capa_Exame_2

Verdade ou Mentira?

Na sua agência é assim? rs
Aqui é quase isso!

 

A alma da propaganda

A Gaia Creative preparou em infográficos um estudo realizado pela Nielsen. Ótimo parâmetro para avaliar as mídias que mais são consideradas de confiança e desconfiança para o consumidor. Vale a pena dar uma bizoiada.

Rio ganha sua “Cidade Limpa”

Prefeito cria “Rio Limpo” e limita publicidade no Centro e na Zona Sul da cidade; projeto deve ser estender a outras áreas em um segundo momento

A cidade do Rio de Janeiro ganhou o seu projeto “Cidade Limpa”. Denominado “Rio Limpo”, ele restringe a publicidade no Centro da capital fluminense e nos bairros da Zona Sul. A partir desta quarta-feira, 3, fica proibida a veiculação de peças publicitárias em empenas de prédios e outdoors, além de redefinidos os tamanhos de letreiros de bares, restaurantes e lojas. Também será vetada a propaganda ao lado do nome de estabelecimentos, como acontece frequentemente no caso de bares, que trazem os nomes e logomarcas de cervejarias e empresas de bebidas.

As novas regras não envolvem a publicidade em ônibus, pontos de ônibus e táxis. Também continua legalizada qualquer tipo de propaganda da Prefeitura e as autorizadas por ela, como de eventos especiais, caso do réveillon e do carnaval, que normalmente são patrocinados por anunciantes. Com esta iniciativa, o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes quer criar uma Zona de Preservação Paisagística e Ambiental (ZPPA), que inicialmente envolverá 22 bairros, mas deverá ser ampliada em um segundo momento.

A partir desta quinta-feira, 4, começará a retirada da publicidade agora considerada irregular, a partir do centro da cidade. A multa diária para quem infringir a lei será de R$ 570. Os estabelecimentos comerciais terão 180 dias para se adequar a nova legislação. No caso destes locais, o tamanho dos letreiros será definido de acordo com o tamanho das fachadas. Os shoppings estão incluídos na lei.

Fonte: Meio&Mensagem

Parabéns pra você que é mídia!

21 de Junho – Dia do Profissional de Mídia

E nós da Botelho Comunicação gostaríamos de parabenizar todos os mídias, pelas negociações, pela paciência, pelos ótimos negócios fechados, pelos almoços com veículos, pelas revistas legais e também pelos convites de eventos né? rs

Nesse dia, nosso parabéns especial vai para o Ronaldo Ribeiro, o mídia aqui da agência, que tem tanto carinho e paciência com o que faz, proporcionando ótimos negócios para nossos clientes!

E como tudo é motivo de piadinhas e virais, no dia da mídia, mostramos pra vocês a Oração do Mídia:

Plano de mídia que estais no céu. 

Santificado seja o horário nobre.

Venha a nós o vosso target,

Seja feito o vosso investimento em mídia,

Nas melhores audiências da TV paga.

O budget de cada dia nos dai hoje.

Perdoai os nossos clientes,

Assim como nós perdoamos as mudanças nas inserções,

E não nos deixeis perder a negociação,

Mas livrai-nos de trabalhar de madrugada.

Amém.

 

E esse vídeo que é uma homenagem do O Globo para o Dia do Profissional de Mídia.

 

Parabéns a todos!

O Brasil tá sem notícia?

Ultimamente temos visto somente correspondentes internacionais nas telas da televisão brasileira, certo?

É só pensar na quantidade de notícias internacionais que temos visto alternadamente e sequencialmente na TV.

Primeiro com as manifestações na Tunísia, contra o governo do Presidente Zine Al-Abidine Bem Ali. Tudo começou em dezembro do ano passado por conta de um jovem que ateou fogo em si mesmo na cidade de Sidi Bouzid, quando alguns policiais impediram que ele vendesse vegetais em uma banca de rua sem permissão. O ato gerou uma onda de protestos por todo o país, contra o desemprego, e falta de liberdade numa região que a economia gira em torno da agricultura.

Quando os policiais começaram a usar munições verdadeiras contra os manifestantes, foi a deixa da oposição para lutar contra o governo do atual presidente. Que após umas semanas saiu do governo. Houveram muitas mortes durante todo esse processo, e isso foi o foco das mídias brasileiras durante o final do ano passado e o começo de 2011.

Com o acontecimento da Tunísia passado, manifestantes do Egito se animaram e quiseram fazer o mesmo. Começa então a Crise do Egito e mais uma notícia para a mídia brasileira se focar por um tempo. Com 30 anos no governo, o Presidente do Egito Mubarak decide nomear um vice, depois de muitos protestos para sua retirada do governo. Pois a população acreditava que ele era o culpado pela crise no país. Por conta de muitas questões sociais e políticas e por conta da continuação das manifestações Mubarak se retira do poder, deixando seu escolhido reinar. Após algumas mortes e um pouco de sensacionalismo, a mídia deixa o Egito de lado.

Pois então entra a Líbia na história! Acontece que os outros países entraram na onda para ‘defender’ os rebeldes dos ataques de Khadafi, que está no poder e estava atacando o próprio povo que estava contra seu governo. Foi um prato cheio pra mídia mundial, que estava querendo desfocar um pouco da história do Egito. Com os EUA entrando na história e os países do Reino Unido, a história ficava cada vez mais interessante para ser comentada. Mas ninguém parecia ligar para as reais manifestações, as mortes que estavam acontecendo, só queria matéria, matéria, pautas e mais pautas. Será que a comunicação hoje em dia é tão egoísta assim? E está cada dia se tornando mais e mais egoísta, pensando somente em seu próprio umbigo. Puro marketing, esses países que nunca deram apoio algum, ou sequer pensavam na Líbia, agora defendiam um povo desconhecido. Claro, isso foi bom, pois estavam de certa forma salvando vidas inocentes, que só estavam lutando por seus direitos. Mas será que esses países estavam mesmo se importando com a vida desses países? Quer marketing melhor que esse? Salvar vidas de um povo que nem é ‘seu’ na verdade? Pagar de bom moço diante todos no mundo, é o sonho de qualquer país certo?

Mas aí veio outras notícias não mais importantes, mas que tomaram as mídias porque afinal, a história na Líbia já estava ficando meio chata (mesmo ainda hoje estar acontecendo protestos lá). Eai veio o clássico europeu, jogo de Barcelona x Real Madri na semifinal da Liga dos Campeões, e o mundo só falava disso. Claro, falar de futebol é muito mais interessante do que mortes por um ideal não é mesmo?

E o jogo só teve seus 15 minutos de fama, pois veio o TÃO AGUARDADO casamento real, que tomou as Trending Topics, as tv’s, as rádios, os programas de fofoca, as revistas, os jornais. Era gente falando da monarquia inglesa, falando de todo o processo do casamento, relembrando fatos e foto da Lady Di, falando do vestido da futura princesa. Na sexta-feira, grande parte da população mundial acordou mais cedo (ou mais tarde, dependendo de onde estiver no mundo! rs) para assistir ao casal dando o beijo esperado na varanda do castelo. E no final de semana se seguiu os comentários sobre o acontecido.

Porém, sempre tem uma notícia que parece ser mais apetitosa para a mídia, e então, no domingo a noite vem a declaração do Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama que o famoso e procurado terrorista Osama Bin Laden estaria morto. Muita gente não viu o corpo, muita gente não acreditou pra valer na notícia, mas era a notícia do momento, era a falação do twitter, da TV, dos jornais.

E então, a minha conclusão pra essa sequencia de acontecimentos, e a reação que a nossa mídia brasileira teve, cobrindo minuciosamente cada detalhe de cada notícia é: O Brasil ta sem notícia? Será que já esqueceram das pessoas que estão desabrigadas em Santa Catarina por conta das chuvas torrenciais? Ou até mesmo da área serrana do RJ que ainda está se recuperando de toda tragédia. No carnaval todo mundo esquece as notícias, claro, mas e depois? Voltam para as notícias internacionais! E o Brasil? Acho que está na hora de pensarmos um pouco mais em nós, e dar mais importância pros nossos problemas, que não são menos ou mais importantes do que os outros, mas são nossos, são do nosso território, e merecem ser vistos com mais atenção por toda a mídia brasileira!

Audiência no fim de semana

Desde sexta-feira estamos vendo uma série de acontecimentos que estão deixando as mídias bem felizes financeiramente.

Isso tudo porque na sexta-feira de manhã tivemos o casamento real, que foi Trending Topic no twitter por um bom tempo, e rendeu à Globo uma audiência de 12 pontos e 43% de share entre às 6h50 e 8h30. Nesse horário, normalmente está passando o final do programa Bom Dia São Paulo e começando o Bom Dia Brasil, em que a média de audiência não passa dos 8 pontos.

No sábado tivemos a semifinal do Campeonato Paulista com o jogo São Paulo x Santos e no domingo a semifinal entre Corinthians x Palmeiras, que rendeu 34 pontos de audiência pra Globo na Grande São Paulo, segundo número prévio do Ibope. De acordo com a Veja.com essa é a maior audiência da emissora em 2011.

Sem contar que ontem a noite tivemos a notícia da morte de Osama Bin Laden, que foi anunciado em sites dos EUA primeiro, depois podíamos ver a cobertura do assunto pela Globo News, só depois de muitos minutos a Globo (canal aberto) anunciou com o famoso Plantão da Globo e manteve uma boa audiência por algumas horas da madrugada por conta do assunto.

O fim de semana foi rentável tanto para a grande emissora carioca quanto para muitas outras mídias, que acompanharam de perto todos esses eventos que aconteceram. A Record alcançou 5 pontos de audiência com o casamento real, e o SBT, 3 pontos.

Contando com o fato de que cada ponto representa 58 mil domicílios na Grande São Paulo, todas as emissoras estavam muito bem de audiência nesse fim de semana agitado.

%d blogueiros gostam disto: