Posts Tagged ‘ mercado ’

FALCONSKYDAY. AÇÃO EXCLUSIVA DE PR E BRANDED CONTENT PARA DASSAULT FALCON.

FalconSkyDay save final (1)

Convite criado para o evento e enviado para todo o mailing.

Na terça-feira, 03/05, a Botelho Comunicação realizou o FalconSkyDay no Hotel Unique, evento que contou com a participação de alguns dos principais nomes da diretoria internacional, como o presidente mundial da Dassault Falcon Jet, John Rosanvallon, e os Diretores Remy St-Martin e Andrew Ponzoni, além do Diretor Comercial para América Latina, Rodrigo Pesoa, e apresentou informações relevantes da marca para o mercado.

Jornalistas de vários veículos e editorias como Economia e Finanças, Indústria, Tecnologia, além de veículos do Trade e que cobrem Estilo de Vida e Luxo, compareceram ao evento e puderam acompanhar as apresentações dos diretores e do presidente.

Entre os temas mais importantes, os destaques foram o lançamento mundial do Falcon 8X, a participação da Dassault Falcon nos grandes eventos internacionais, inclusive nos jogos Olímpicos Rio 2016, e a comemoração de 100 anos do Grupo Dassault em 2016.

Sobre o novo Falcon 8X, que terão suas primeiras unidades entregues ainda este ano, o presidente John Rosanvallon informou em primeira mão para a imprensa brasileira que das 25 unidades já comercializadas, 4 foram para o mercado brasileiro.

Um almoço no Restaurante Skye, localizado na cobertura do Hotel Unique, com a presença do Chef Emmanuel Bassoleil, encerrou o evento.

Ação estratégica de PR, o FalconSkyDay foi criado e desenvolvido pela equipe da Botelho Comunicação com o objetivo de posicionar e reforçar ainda mais a marca Dassault Falcon como referência no setor de Aviação Executiva de alto luxo.

Ainda teremos muitas novidades no ano que o Grupo Dassault completa um século de existência. Até a próxima!

foto 1

Da esquerda para a direita: Mr. John Rosanvallon, Claudio Botelho, Remy St-Martin, Emanuell Bassoleil e Rodrigo Pesoa. Almoço no Restaurante Skye.

#APESAR DA CRISE

IMG_20151104_164332
Que 2015 não tá fácil pra ninguém não é novidade, portanto nem deveria ser mais notícia. Mas como ainda é, resolvemos pegar esse ano e dar um tapa bem dado nele. Tipo mudar a imagem, criar uma marca nova, um novo conceito, reposicionamento total. Não importa que já chegamos em novembro. Afinal, os #mimimis devem continuar até o último minuto do dia 31 de dezembro. Não se iluda.

Então, resolvemos comprar essa briga por um 2015 mais construtivo.

Que se danem as estatísticas. Que se queixem os economistas. Que se esgoelem os alarmistas.

Nademos contra a corrente nem que seja só pra exercitar.

Não estamos sozinhos nessa. “Eu amo crise. Minha vida inteira cresci em crise”, disse o empresário Abilio Diniz*.

Quer fazer parte dessa campanha junto com a gente? É muito fácil. Acorde cedo. Pense. Crie. Produza. Movimente. Agite.

É o que estamos fazendo por aqui.

Por 2015, por nossos clientes e por nós mesmos, claro.

Desculpem o transtorno, mas estamos trabalhando intensamente.

*Matéria com Abilio Diniz: http://brasileiros.com.br/2015/11/crise-no-brasil-e-politica-nao-economica-diz-abilio-diniz/

Varejo. É melhor deixar pra quem entende do assunto.

No varejo, devido seu intenso dinamismo, requer que o lojista tenha atenção redobrada para não cometer erros das quais podem impactar diretamente no negócio. Não importa o tamanho da loja, o empresário precisa assumir uma postura cautelosa e pensar estrategicamente ao iniciar um negócio.

As principais falhas estão ligadas à estruturação, como definição de estratégias e de funções, que geralmente não são esclarecidas a todos os envolvidos. Muitos varejistas não dão valor ao plano de negócios, etapa crucial na estruturação de um negócio que contém todos os aspectos relacionados à empresa, como produtos oferecidos, público-alvo, operacionalização, questões jurídicas e tributárias. O capital de giro, verba necessária para fazer com que a empresa funcione e pague suas despesas, também é um ponto que costuma ser esquecido ou confundido com o investimento inicial.

Em toda empresa, é necessário avaliar os indicadores de desempenho. Após implantar um método de avaliação, é possível analisar o desempenho das ações e determinar meios de melhorar o negócio. Mas o lojista não pode descuidar dessa ferramenta, pois a possibilidade de perder informações preciosas para o desenvolvimento do negócio no qual investe.

Uma falha comum é não definir com precisão os cargos oferecidos pela empresa. A descrição de forma detalhada promove uma identificação entre o funcionário e a empresa, algo que favorece a produtividade. Outro erro recorrente relacionado à equipe de um negócio de varejo é não avaliar o desempenho dos funcionários. Analisar esse aspecto e valorizar os pontos fortes da equipe ajuda a minimizar custos e tempo quando é necessário fazer novos processos seletivos.

Há varejistas que não se preocupam em conhecer o perfil de seus clientes e perdem a oportunidade de atingir o público-alvo de forma assertiva. Saber do que eles gostam, a frequência com que vão à loja e a qual grupo pertence, favorece a consolidação da empresa no mercado.

Outra ferramenta muito importante que comumente é desconsiderada pelo varejista, é a Curva ABC, que dá uma visão geral do andamento das vendas, e por meio dos resultados dessa análise, é possível verificar o giro de itens no estoque, o nível de lucratividade e quais produtos são mais importantes para o negócio.

No que tange ao marketing, não é porque o empreendimento é de varejo que ele não precisa ser divulgado de forma estratégica. Um estudo detalhado do mercado, das potencialidades da empresa, dos clientes e da concorrência deve formar a base de todas as ações de marketing, onde a etapa seguinte, que costuma ficar pendente, é a avaliação dos resultados obtidos após uma ação. Somente com ela é possível apontar acertos e erros.

E por fim, um dos erros mais comuns e também mais importantes, é pensar que loja de varejo significa um ambiente confuso e desorganizado. O empreendedor precisa estar consciente de que o cliente exige algumas facilidades na hora da compra. A divisão de itens por seções e o alinhamento dos produtos trazem sensação de conforto, fazendo com que os compradores sintam-se mais à vontade para circular pela loja e comprar mais.

Ou você inova ou você inova

Tem sido muito comum alguns pretensos gurus  da criatividade e inovação declararem que somente a criatividade importa e que não há mais espaço para a melhoria contínua. Por ignorância ou simples oportunismo, tentam sepultar outras técnicas de melhoria da qualidade como obsoletas, repetindo: Só a criação importa, ou crie ou fique fora.

De fato, hoje as empresas enfrentam um imperativo de mudança, como nunca enfrentaram no passado.

A inovação se tornou uma competência essencial, pois o ciclo de vida de processos, produtos e serviços encolheu. Contudo, isto não significa que a melhoria contínua se tornou dispensável. Mesmo nos ciclo de vida curta há necessidade permanente de ações para corrigir deficiências e realizar melhorias para se retirar o máximo proveito do produto, ou mesmo prolongar sua vida útil. Criar é importante, mas fazer mais com menos será sempre essencial para tornar as novidades mais lucrativas e competitivas.

Nem todos os setores do mercado requerem criações frequentes. Às vezes, simples melhorias são suficientes para manter o produto competitivo e lucrativo por algum tempo, ou mesmo para ganhar uma sobrevida enquanto se trabalha em prol de sua melhoria. Um ponto importante é saber reconhecer quando o produto atingiu sua obsolescência e as melhorias não conseguem mais agregar valor para os clientes. Este é o momento da inovação, da substituição do velho pelo novo.

A literatura sobre gestão da qualidade se mantém virtualmente silenciosa sobre a inovação e suas ferramentas. Alguns livros e cursos sobre a gestão da qualidade se limitam a mencionar a necessidade de solucionar problemas complexos sem acrescentar qualquer orientação prática sobre suas técnicas e ferramentas. Há uma vasta literatura sobre inovação oferecendo orientações sobre as ferramentas que podem ser muito úteis aos profissionais da gestão da qualidade e melhoria contínua.

As empresas, e seus clientes, podem ser muito beneficiados pelo melhor entrosamento entre melhoria contínua.

Médico cria tratamento que transforma olhos castanhos em azuis

Você sempre quis ter olhos azuis? Um médico californiano promete modificar a cor de quem tem olhos castanhos sem uso de lentes de contato.
A notícia foi divulgada pelo Dr. Gregg Homer, da Stroma Medical. Ele desenvolveu uma tecnologia chamada Lumineyes, que usa laser sintonizado em uma frequência específica capaz de transformar olhos castanhos em azuis.
Segundo o Dr. Gregg, a energia do laser remove o pigmento marrom, ou melanina, a partir da camada superior da íris e o transforma em azul ao longo de 2 ou 3 semanas.

Inovação que, verdadeiramente, nos causa Inveja. Inveja Boa.

Nestlé usa sons de que atraem cães em propaganda

O mais recente foco publicitário da maior empresa mundial de alimentos é um dos segmentos mais resistentes à crise: os cachorros.

Em anúncios na TV que começarão a ser exibidos na TV austríaca nesta semana não faltam ganidos, sons de alta freqüência e tons agudíssimos, tudo concebido para por os cães em tal frenesi que seus donos saiam correndo e comprem comida da marca Beneful, da Nestlé.

Os anúncios oferecem uma ilustração vívida sobre onde estão os verdadeiros motores de crescimento do consumo. Embora a venda de alimentos em grande parte do mundo desenvolvido esteja estagnada, a venda de alimentos para pets continua crescendo. A Euromonitor prevê alta anual acumulada de 6% para as vendas mundiais de comida para cães na década de 2016, comprada a 5,3% para alimentos embalados em geral.

No Reino Unido, onde o cidadão é satirizado por gostar mais de cães que dos filhos, a comida pra cães pets é menos frequentemente vendida a preço promocionais do que comida para gente.

Geraldo Perez, veterinário da Purina, da Nestlé, disse que o anúncio emprega sons que aumentam a percepção dos cães. Os “cães de sofá”, disse, correm para a tela e empinam suas orelhas quando os anúncios são exibidos.

Anúncios similares na Alemanha no verão aumentaram as vendas.

A venda de alimentos para animais tem sido boa para a Nestlé, que em 2010 obteve 23% da receita nesse segmento e registrou taxas de crescimento superiores à da divisão em geral. Nos EUA, o mercado de alimentos para pets é três vezes maior do que o de comida para bebês e tem melhor desempenho.

Vários países já têm mais animais de estimação do que as crianças, como o Japão e o Reino Unido. Não por acaso, a Nestlé lançou este ano sorvete para cães e jogo de Ipad para gatos.

fonte: Jornal valor econômico

Nas redes da Botelho

Sempre postamos muita coisa aqui no blog, mas às vezes os assuntos se perdem em meio a tanta novidade do mundo da comunicação!

Nesse nosso ramo, a cada novo dia, uma nova atualização está rondando a rede. Um novo case de sucesso, uma nova campanha super sacada, uma fofoca de alguma empresa… Enfim, muita novidade ao mesmo tempo faz com que não prestemos muita atenção em tudo de uma forma geral.

Então pra facilitar a leitura de todos vocês que acompanham o blog, vou postar aqui todos os links da Botelho Comunicação. Com tudo “à mostra” fica mais fácil pra você navegar e conhecer um pouco mais da nossa agência!

No Flickr você pode ver todos os nossos cases, que estão separados por cliente, assim facilita a navegação e você pode optar pelo que quer ver!

No twitter você acompanha todas as novidades da agência em tempo real, e postamos várias novidades do mercado de comunicação também! Segue a gente e fique por dentro!

Na nossa Fan Page no Facebook você pode curtir e pode ver todas as nossas atualizações, fora as fotos que sempre postamos dos eventos aqui da agência! Curte lá!

No Youtube sempre colocamos os vídeos das campanhas que fazemos, entrevistas do Cláudio Botelho, vídeos de produção de campanha, e algumas ideias loucas da criação que sempre é filmado!

Por fim, porém não (MESMO!) menos importante, tem nosso Site Institucional. Lá tem tudo isso que eu falei aqui e um pouquinho mais! Falamos sobre os clientes, os cases, a história da agência..

Com todas essas informações já deu pra conhecer um pouquinho mais né? Fique sempre ligado nas nossas redes, com novidades todos os dias, cases de sucesso, opiniões do pessoal aqui da agência e muita comunicação!

%d blogueiros gostam disto: