Arquivo de julho \28\UTC 2011

Primeira veiculação da Yorbis

Saiu a primeira veiculação no Brasil Econômico da campanha “Saia da Caixa” para o software de gestão com e-commerce da YKP.

A linha criativa desafia o mundo corporativo a mudanças ligadas ao Cloud Computing.

Foram criadas 10 peças no total, todas para mídias B2B.

 

Botelho por aí

A Botelho, representada pelo diretor Claudio Botelho, marcou presença na pré-estreia de “Assalto ao Banco Central” e de quebra ainda bateu um papo com o Marcos Paulo. Dá uma olhada na foto!

 

Resultado – Concurso Brasão da Botelho

Confesso que as escolhas aqui na agência estavam bem acirradas. Cada um torcendo por um brasão diferente… MAS, como diria minha vó, a voz do povo é a voz de Deus.. E vocês votaram, e votaram e votaram e eis o resultado.

COM 67% DOS VOTOS, O BRASÃO ESCOLHIDO FOI O………… NÚMERO 3!!

De acordo com a maioria dos comentários, o número 3 é mais simples porém passa melhor a ideia, tem mais cara de brasão e combina mais com a Botelho Comunicação.

Obrigada a todos que votaram, que escolheram e analisaram!
Equipe Botelho Comunicação

 

Concurso Brasão da Botelho

Para entrar em campo com o pé direito, resolvemos eleger o brasão que usaremos nas competições esportivas.

Participe. Faça um comentário neste post com o número da opção escolhida.

Não gostou de nenhum? Mande sua sugestão para botelho@botelho.com.br

 

 

Mais uma ideia que saiu do papel

Acabamos de fechar mais uma ideia para um de nossos clientes. O PPS.

A campanha tinha o intuito de chamar a atenção de pessoas que têm vontade de fazer algo para mudar seu município, e podendo se filiar ao PPS isso poderia ser possível. “Faça mais por sua cidade” foi o tema da campanha, onde criamos o conceito, logo, identidade visual, banners, cartazes, adesivos e outros brindes.

Veja a peça de divulgação da campanha que fizemos!

 

Lá vem o Google +

Como todos sabem, estava nos planos do Google disponibilizar uma rede social, que se assemelha ao Facebook. Poisé, ele está pronto e se chama Google +, só que ainda tá naquela velha história de que precisa de convite pra poder entrar… Mas relaxa, que já já todo mundo recebe!

Com os poucos convites já disponibilizados, deu pra gente sentir um pouquinho como funciona a rede. Por mais que ainda não dê pra substituir o Facebook, o Google + está no caminho certo.

Ainda falta as funcionalidades básicas que mais nos chamam atenção, como o compartilhamento com outras redes, como o Twitter por exemplo. Mas pelo que tudo indica, eles estão seguindo o caminho da alegria e poderão sim, alguma hora, substituir o Facebook.

Vamos ficar no aguardo. Enquanto isso, vou colocar aqui pra vocês algumas coisinhas pra se saber sobre o Google + que foi postado no site do Brainstorm9.

Organização em círculos: Começa aqui a sua viagem pelo Google+. Quando se adiciona um amigo, pede-se de cara que ele faça parte de um ou mais círculos de amizade. Você pode ter um círculo mais generalista, como o Amigos (já pré-estabelecido) ou, por exemplo, criar um para compartilhar de maneira mais privada algumas informações. Por causa disso, o Google+ realmente soa como uma releitura do falecido Wave, mas ele vai além em features e simplicidade de uso.

Hangout: ontem, enquanto os primeiros blogueiros deste Brasil varonil começavam a testar o Google+, o Hangout foi a feature que mais impressionou. Uma simplificada vídeo-conferência entre amigos que fica aberta a quem quiser brincar também. Todo mundo junto.

Android App: Sim, saiu primeiro para Android, que é a plataforma mais usada do mundo e é do Google, oras, mas deve vir em breve para o iPhone também. Possui uma navegação bastante simplificada, com todas as opções de compartilhamento de fotos, vídeos e textos, acompanhamento em tempo real dos posts de seus amigos e…

Huddle: Feature disponível apenas no aplicativo, o Huddle é um sistema bastante semelhante ao Whatzapp, com a vantagem de selecionar-se de uma maneira mais simples o envio de mensagens para, por exemplo, todas as pessoas em seu círculo social. Outra vantagem, em minha opinião, é que a base de usuários do Google+ tende a ser maior (pelo menos o Google aposta nisso), e quando isto acontecer, Huddle e Google Talk poderão praticamente se tornar um serviço só.

Sparks: Uma feature que provavelmente deve ser melhor acabada e funcionar de acordo com os conteúdos que os usuários passarem a compartilhar via Google+. O Sparks oferece alguns links a partir de um tema dado pelo usuário (isso, uma busca). Não vi grande vantagem, por enquanto, mas ele deve ganhar força quando o botão +1 (este que você já vê decorando os posts do B9) decolar.

%d blogueiros gostam disto: