Precisamos dar mais valor ao que temos em casa

Nos últimos anos o Brasil tem se tornado palco de grandes atrações internacionais, definitivamente entramos no circuito de turnês de artistas como, The Killers (2009), Joss Stone (2009), Jason Mraz (2009), AC/DC (2009), Coldplay (2010), Franz Ferdinand (2010), Black Eyed Peas (2010), Eminem (2010), Paul McCartney (2010) e já começou bem este ano com a Amy Winehouse.

Evoluções econômicas e redução da diferença cambial favoreceram os investimentos, mas ingressos caros não significa necessariamente que iremos apreciar grandes espetáculos, seja no quesito organização, produção ou até qualidade musical.

Vamos tomar como base o show da Amy, a grande atração de entretenimento deste começo de ano. Um show com previsão de 1h (que já é pouco) durou cerca de 30 ou 40 minutos, devido ao estado em que se encontrava a cantora. Mais do que isso, o repertório é apenas meio bom. Quantas músicas do ultimo álbum, Black to Black, você realmente gosta? E olha que o lançamento é de 2008.

O que defendemos é a valorização da música nacional. Existem tantos artistas aqui no quintal e que não tem a mesma repercussão que estas mega estrelas, seus espetáculos passam quase despercebidos. O mais engraçado é que são shows infinitamente mais baratos e em ótimas casas espalhadas pelas cidades. Mas infelizmente o que cai na boca do povo são escândalos musicais, como, funk proibidão, sertanejo e coisas do tipo (com todo respeito, claro!).

Faça um comparativo básico: Um show da Amy dura cerca de 40 min. e você não entra por menos de 200,00. A nova revelação da MPB, Maria Gadú, que ganhou tudo em 2010, principalmente lá fora, fez 2h e 44 min. na gravação de seu disco com a participação de Caetano Veloso, outro monstro sagrado da música brasileira. Isso sem contar os outros diversos músicos fabulosos como Gilberto Gil, Chico Buarque, João Bosco, Maria Rita, Paula Lima, Seu Jorge, Adriana Calcanhoto, Ana Carolina e Restart. Ops, esse último não rs!

Vamos dar mais espaço àqueles que trabalham duro, em um Brasil que joga no lixo seus artistas, para fazer um trabalho de qualidade. Não pensem que aqui só existem BBBs e bandinhas da moda (agora sim o Restart). Há grandes profissionais fazendo no exterior o sucesso que mereciam aqui dentro.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: