O que esperar da web, Ipad e das novidades em 2011

Alguns teimam em aceitar que 2010 foi o ano da revolução das redes sociais, outros não acreditam que o Ipad é a reformulação dos hábitos de leitura e de navegação das pessoas e ainda há quem duvide que a publicidade mudou.

Como é possível ignorar que neste ano o Facebook chegou a 500 mi de perfis? A página já superou o monstro Google em números de visitas. Esta é, sem dúvidas, a prova de que a coisa toda mudou. Você sabe qual será o faturamento do FB este ano? Pois então veja:”US$ 2 bi em 2010.” Pois é, e se ligou que isso dá uns R$  3 bi/ano e que a Globo – isso mesmo, a Globo, a “dona” do Brasil – fatura algo como uns R$ 9 bi, a Abril, com seus muitos anos de vida nas costas, algo como uns R$ 2 bi e pouco e a RBS, a terceira maior empresa de mídia do Brasil cerca de R$ 1 bi?”

O mercado não tem mais espaço para os velhacos da antiga economia. Isto em qualquer segmento, não só na comunicação. Para aqueles que construíram seus impérios (não importa o tamanho) baseados em papel, caminhões, fumaça, longos deslocamentos e todo esse blá, blá, blá, a internet é assustadora. Segundo eles “Internet é uma coisa fluida, você paga pra ver mais adiante. E se o retorno não vier?”

É a primeira vez que os anunciantes irão investir mais em propaganda da internet do que em jornais e revistas nos EUA. A Publicidade on-line subiu 14% em 2010, para US$ 25,8 bilhões, enquanto anúncios em jornais impressos caíram 8,2%, para US$ 22,8 bilhões. Ano que vem a tendência permanece de acordo com a mudança dos hábitos de consumo da população, crescendo sempre.

O IPad está sendo vendido no Brasil a cerca de 1 mês. Desde seu lançamento, o aplicativo da Folha de SP foi baixado por 55 mil aparelhos. Qual é a proporção de visualizações comparada com a tiragem do jornal? Pensou nisso? E olha que este número já será maior quando terminar de ler esse post.

Se os tradicionalistas vacilarem um pouquinho correm o risco de perder a maior onda de modernidade da história. O The New York Times é grátis, tem a melhor versão para iPad que conheço, pode começar a ter muitos leitores no Brasil e outros países e fazer versões multi-língua. O Daily deve ser o primeiro jornal feito especialmente para o iPad. O Murdoch o promete para janeiro, por US$ 0,99 por semana (preço de internet).

Tudo isto mostra para onde estamos indo, mas muitos não sabem o que fazer com isto. Pois então descubram! Não há tempo para pensar no que pode ou não dar certo. O mundo mudou em 201o. Se ainda não entendeu tudo isso corra, você pode ficar pra traz.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: