Governo quer controlar conteúdo de rádio e TV

Criar um novo órgão para o setor de telecomunicações e radiodifusão é a proposta do governo para 2011. Segundo as informações da Folha de S. Paulo, a vertente chamada ANC (Agência Nacional de Comunicação) substituiria a Ancine (Agência Nacional do Cinema) e regularia o conteúdo de rádio e TV.

O órgão é resultado das discussões sobre o marco regulatório e, segundo o jornal, terá poderes para multar empresas que fugirem das regras, como veicular programação inadequada ao horário, entre outras. A ideia ainda regulamenta a participação de políticos com mandato em veículos de rádio e TV.

A criação do órgão, entretanto, não será encaminhada pelo governo Lula. Quem deverá levar o projeto é a presidente eleita Dilma Rousseff, que irá decidir se a proposta será ou não enviada ao Congresso.

De acordo com a Folha, o governo não considera a agência como censura, porque o conteúdo será analisado depois de veiculado. Representantes do setor, porém, avaliam que a proposta abre brechas para cercear jornalismo e dramaturgia. Além disso, dizem, a Constituição já prevê punição para os abusos.

A criação da agência para regular conteúdo tem apoio de entidades que defendem o “controle social da mídia”.

Fontes: Folha e AdNewns

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: