Você finge ter amigos nas redes sociais?

John C. Dvorak tem dito muito sobre as redes sociais. O jornalista americano, que vive o Vale do Silício, afirma que os sites sociais chegarão ao fim, mas não sabe como. Além disto, diz que as pessoas possuem pseudo amigos e que não há uma amizade real entre os participantes. “Você repete vamos almoçar para amigos com quem nunca se sentará à mesa”, diz John. Isto porque talvez faltem alguns amigos de verdade.

Fato é que as redes sociais são a maior revolução no que diz respeito a troca de conteúdo de todos os tempos. Com força até para que se mudem algumas legislações de direito autoral ao redor do mundo. É infantil pensar que as pessoas se isolam do mundo ao utilizar o Facebook – “(…)  as pessoas podem se comunicar e reencontrar amigos que provavelmente jamais veriam outra vez em toda vida. Agora, com esses sites, elas podem fingir que voltaram a ser parceiras, mesmo que seja apenas no computador”, completa o jornalista. Mas isto não é fantástico?! Trocar informação com pessoas do outro lado do mundo ou que simplesmente tomaram outro caminho na vida devido suas escolhas e você não poderá mais vê-las. É mágico estar conectado a bilhões de pessoas!

É preciso entender do assunto e possuir mais visão de futuro para tecer comentários sobre as redes sociais. A inovação é o carro chefe de quem gera conteúdo e isso é uma ferramenta fundamental na vida de outras pessoas. A internet abriu as portas do conhecimento para quem quiser aceitar.

Redes sociais salvaram vidas de pessoas nos recentes desastres do Haiti. O que pensar dos professores que ensinam e multiplicam o conhecimento de seus alunos por milhares de blogs por ai? Ou então os familiares de estudantes que matam a saudade de seus filhos pelo Facebook? Poderia citar milhões de argumentos à favor do benefícios que as redes sociais trazem para a humanidade, mas depende de cada um de nós encontrar a melhor forma de gerar conteúdo na rede.

Apenas 5% dos conectados a internet são provedores de conteúdo, outros 15% replicam e o restante das pessoas apenas absorvem. Por que não mudar a vida destas pessoas sendo alguém que oferece algo interessante na rede, hein?!

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: